12 de março de 2016

Bruxaria - Por onde começar?

Muitas pessoas me pedem para ensiná-las a ser uma bruxa, ou perguntam como fazem para se tornar uma bruxa.
Neste texto vou expor a minha opinião baseada na minha vivência na bruxaria. Muitas pessoas podem não concordar com o meu jeito de pensar, mas isso é normal, pois como eu sempre digo, na bruxaria natural tudo é válido, você faz as coisas da sua maneira.

Assim como aconteceu comigo, acontece com todos que conhecem a bruxaria. De um dia para o outro aquilo que pensávamos ser apenas invenção de filmes se torna real e passa a fazer parte da nossa vida.
Conhecemos alguém que já tem algum conhecimento sobre o assunto, nos deparamos com os instrumentos mágicos, livros, pedras, ervas, velas, feitiços e queremos saber mais sobre aquilo, queremos fazer parte daquilo!
E ai vem a questão: "como faço para ser uma bruxa (ou um mago)?"
Algumas pessoas pensam que só quem nasce em uma família de bruxas pode ser uma, outros pensam que para ser bruxa tem que ser iniciada, outros pensam que precisamos ter poderes paranormais, e outros pensam que precisam fazer parte de um coven. Mas isso tudo é bobagem! Eu mesma não tenho uma família de bruxas, não sou iniciada, não tenho poder nenhum, e não faço parte de nenhum grupo, tradição ou coven.
Todos podem ser bruxos, desde que se dediquem a isso. Existem pessoas com uma facilidade maior para aprender sobre a magia, outros precisam de mais tempo e paciência.

Conheço muitas pessoas que começaram a estudar bruxaria e desistiram dizendo que ainda não estavam preparados. Isso é totalmente normal, não entre em desespero pensando: "Mas meus amigos já são super bruxos e fazem altas magias no seu quarto a meia-noite, eu preciso fazer igual!". Cada um tem o seu tempo, e devemos respeitar isso (e quem sabe se no fundo seus amigos não se sentem tão inseguros quanto você?).

Então se você está estudando e acha que as coisas não entram na sua cabeça de jeito nenhum, ou você nunca consegue praticar, dê um tempo para si mesmo, talvez essa não seja a hora de começar.
Procure conhecer a si mesmo antes de qualquer coisa. Para isso a meditação é fundamental.
Sempre que alguém vem me perguntar como começar a estudar bruxaria, eu recomendo que estude técnicas de meditação (procure no Youtube) e anote a sua experiência com cada uma delas em seu livro das sombras.
Isso te ajudará a olhar para dentro de si e se conhecer melhor, saber como funciona o seu corpo e sua mente. Além de ser muito interessante você ler as experiências anotadas no futuro.

"Mas eu sinto que preciso de alguém para me ajudar, preciso fazer parte de um coven ou preciso me iniciar". Dê um passo de cada vez, se você já praticou o auto-conhecimento comece a ler livros sobre a bruxaria, entenda que existem vários tipos de bruxaria e veja em qual delas você se encaixa. Só então você poderá ter certeza do que deve fazer. Afinal, seria uma perda de tempo você fazer parte de um coven e ver que não era aquilo que você buscava, ter que sair e começar tudo de novo.

Comece a fazer pequenas magias na sua casa. Faça limpezas energéticas, energize o ambiente com pedras e incensos, tome banhos mágicos, faça comidas mágicas, use a sua mente para conseguir coisas simples, assista ao pôr-do-sol, sente-se na grama, ande sem sapatos, tome banho de chuva, medite com uma vela, dance com a fumaça de um incenso. Faça tudo isso e anote as suas sensações e sentimentos no seu livro das sombras. Você vai perceber que com o tempo, tudo o que você faz no dia-a-dia se tornará magia.

O mais importante de ser uma bruxa é saber que não é tudo feitiços e rituais. Para ser uma bruxa devemos entender a lei tríplice e por em prática na nossa vida.
A partir deste momento tudo lhe servirá de lição, o que for bom lhe trará lembranças boas, e o que for ruim te ensinará a nunca mais errar da mesma forma.
Não existe bem ou mal no mundo, só existe a forma com que encaramos e o aprendizado que resulta de cada situação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário