30 de junho de 2015

Não faço amarrações!

Vou deixar esclarecer algumas coisas sobre o meu jeito de trabalhar com a magia.
Algumas pessoas vem me pedir feitiços para amarração, e eu digo que não faço esse tipo de feitiço, e procuro nem saber como se faz para não virem me pedir.
Por que?
No feitiço de amarração nós obtemos a pessoa que queremos, mas nem sempre obtemos o amor dessa pessoa. Então ela fica presa em nós e muitas vezes só causa problemas em nossa vida.
O que eu procuro ensinar, são feitiços de amor para encontrar o amor verdadeiro, para o universo te trazer alguém que realmente vai te fazer feliz.
Então procure entender o meu lado. Se eu ensinar feitiços de amarração, você pode se arrepender e jogar a culpa no feitiço que eu ensinei. E se o feitiço que eu ensinei fizer da sua vida um inferno, eu posso criar um carma na minha própria vida (que é você me perturbando pra sempre)
"Ah! mas se eu pedir, me arrepender e quiser desfazer?"
Existe uma frase muito legal que resume essa história:
"Pediu, está pedido, não pode ficar arrependido"
Fim de papo, não tem como reverter um feitiço!

Toda essa história também se aplica aos feitiços para prejudicar alguém.
Toda bruxa sabe como fazer o mal, mas é de cada uma a escolha de fazer ou não. Pois o que fazemos para o outro sempre volta para nós. E VOLTA PIOR!

Existe uma outra situação que eu procuro não ajudar.
Você tem um amigo que "parece" não estar muito bem de saúde. Ele não quer ir ao médico e você quer ajudar com um feitiço para a saúde dele.
Primeiro, eu não conheço esse seu amigo, eu não sei se ele realmente está mal de saúde só porque você acha isso. E se ele mesmo não está preocupado com a saúde dele, eu não posso ajudá-lo.
Segundo, você não pode sair por aí julgando se o outro precisa de um feitiço ou não, ele tem que se levantar e tomar uma providência quanto a saúde dele.
Mesmo você querendo ajudar, você acaba atrapalhando. As vezes ele precisava passar por esse momento ruim por algum motivo, e se eu e você ajudarmos a tirá-lo desse momento que é só dele, nós podemos criar um carma pra nós, porque estamos interferindo no livre arbítrio dele que não quer se cuidar.

Então se você desistiu de me pedir um feitiço desse tipo, mas ainda pensa em procurar fazer sozinho, repense a situação. Perceba que tudo o que temos no momento é o que merecemos. E se a pessoa que você ama não te quer, provavelmente ela não é a pessoa ideal pra você, e existe alguém no mundo esperando pelo seu amor.
E se você quer fazer alguma "maldadezinha" com aquela pessoa que te perturba, também repense, se ela te perturba hoje, um dia ela vai encontrar alguém pra perturbá-la também. Tudo que vai volta!
E se você vive por aí pensando que todo mundo está mal e precisa de um feitiçozinho, não pense! Converse com a pessoa e ajude ela a chegar a uma solução sozinha.

Algumas pessoas pensam "se eu não posso fazer tudo o que eu quero, qual é a graça de ser bruxa?"
A graça é você ter o poder, mas ter cautela e discernimento para usá-lo, é você saber esperar o momento certo de tudo e deixar que a natureza siga seu curso.
Esse é meu jeito de trabalhar com a magia, mas se o seu for diferente não tem problema. Só saiba lidar com as consequências.


Se você gostou deste post, comente aqui em baixo ↓
A sua opinião é muito importante para mim! ♥

Um comentário:

  1. Falou tudo, querida. Parabéns pelo bom senso e responsabilidade. Blessed be!

    ResponderExcluir